_Insights

Público de educação online é o que mais cresce em interações na pandemia

Imagem: Julia M Cameron/Pexels

O público de educação foi o que mais aumentou suas interações com conteúdos digitais em um ano, segundo o paper “comScore Educação Online”, divulgado este mês pela empresa de dados. De acordo com o levantamento, o setor liderou o crescimento das interações no período entre março de 2020 e março de 2021, com alta de 60%, seguido do segmento financeiro (47%) e publishing (28%).

O tempo dedicado ao consumo dos conteúdos de educação online em sites de cursos, treinamentos e de informações sobre o tema também foi significativamente maior no período, segundo a comScore. Em um ano, o time spent dos internautas em publicações da categoria cresceu 45%. Nas redes sociais, as interações aumentaram 20%.

Esse alto desempenho se deu pelo aumento da relevância dos conteúdos de educação para um público que, na sua maioria, já era audiência, visto que o número de usuários únicos cresceu no período, mas bem menos (5%).

O comportamento é reflexo direto das medidas de distanciamento social e do fechamento temporário de escolas na pandemia, que levaram pessoas no mundo todo a estudar pela internet. Mesmo com o retorno das aulas, esse é um movimento que deve se manter no longo prazo, segundo Alex Augusto, CEO do UOL EdTech, já que a digitalização da educação é uma tendência que já vinha se desenhando e apenas se cristalizou na pandemia.

Ainda segundo o estudo, o total de usuários únicos que acessam os conteúdos educativos chegou a 78,7 milhões em março de 2021, o que corresponde a um alcance de 62,3% da internet brasileira. O UOL Educação é líder da categoria, com 29 milhões de usuários únicos e 22,9% de alcance.

A audiência de educação é majoritariamente mobile: 71% consomem os conteúdos por dispositivos móveis, ficando o desktop em segundo plano para 29%. Em relação à TV, sondagem da comScore aponta que 55% das pessoas discordam que o meio possa ajudar na educação das crianças.

Diante desse cenário, o território de educação ganha potencial e entra nas estratégias das marcas, que intensificam a produção de conteúdos especiais voltados aos estudantes. Publishers como o UOL também investem no segmento. Em março, o programa Prova ou Reprova, com o humorista Maurício Meirelles, estreou com foco no público de educação e entretenimento.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Pedro Crastechini
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo