_Insights

Dia dos Namorados: delivery entra no clima de romance em 2021, diz pesquisa

Imagem: Anastasia Shuraeva/Pexels

Pelo segundo ano seguido, a pandemia vai limitar os planos para as comemorações do Dia dos Namorados. E a data será marcada pela consolidação de hábitos de consumo adquiridos durante mais de um ano de isolamento social. Segundo levantamento da MindMiners, empresa de pesquisas digitais, além das compras online, o delivery deve entrar no clima de romance.

Para a maioria dos casais, a comemoração será em casa. Enquanto 32% dos entrevistados comprometidos (casados e namorados) pretendem trocar presentes e cozinhar uma refeição especial, 28% planejam pedir o almoço ou jantar romântico por delivery. Outros 26% ainda não decidiram o que fazer. Entre os que têm intenção de trocar presentes, metade declarou que vai comprar pela internet e 38% devem ir às lojas físicas.

A pesquisa ouviu 500 pessoas por meio de questionário online, no painel MeSeems, da MindMiners. Os participantes são de todas as regiões do país, das classes ABC, e foram distribuídos de acordo com a representatividade de perfil do IBGE. Entre as faixas etárias, a proporção foi de 18 a 24 anos (20%), 25 a 30 anos (19%), 31 a 40 anos (29%) e acima de 41 anos (32%). Por gênero, a divisão foi de 52% homens e 48% mulheres.

Além das perguntas objetivas, a sondagem abriu espaço em questões abertas, permitindo também uma análise qualitativa do tema. Quando perguntados sobre como seria o Dia dos Namorados ideal, muitos mencionaram o desejo de viajar, ir a restaurantes, cinemas ou motéis. “Curto sair para comer e longos passeios na praia”, disse um dos participantes.

Isso, segundo o report, aponta possíveis oportunidades para a publicidade: “Que experiência significativa sua marca pode trazer para os apaixonados viverem, nas suas casas, um dia dos namorados incrível, mas diferente?”, provoca o estudo. Ante o reforço dos comportamentos de consumo que a data tende a promover, experiências digitais, como conteúdos audiovisuais para compor o clima da data, podem ganhar relevância.

Casais são representativos

A sondagem identificou também que a maioria da população adulta está atualmente em um relacionamento, mostrando que os casais são um público representativo. Ao todo 63% dos respondentes são comprometidos (40% casados e 23% namorando), e 37% solteiros.

Os entrevistados também responderam sobre orientação sexual. A grande maioria é heterossexual (88%). Outros 6% são homossexuais, 4% são bissexuais e 2% declararam outras orientações.

A maior parte dos respondentes (75%) vai passar pela segunda experiência de Dia dos Namorados restrita pelo isolamento social. Isso significa que ao menos 25% dos entrevistados iniciaram o relacionamento durante a pandemia.

Entre todos os comprometidos (casados inclusos), 20% conheceram seu par nos meios digitais, por meio de aplicativo, redes sociais e outras plataformas. Os meios mais citados foram: Facebook, Tinder, Instagram, Whatsapp, jogos online e o clássico Bate-papo do UOL.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Pedro Crastechini
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo