Rato Borrachudo: o gamer que é patrocinado até para perder na China

Divulgação Rato Borrachudo: o gamer que é patrocinado até para perder na China

Nem só de vitórias vive um gamer. Aliás, a diversão pode estar inclusive na derrota. É com esse espírito que o Rato Borrachudo, personagem ou alter ego do influenciador Douglas Mesquita, constrói uma narrativa que alcança quase 3 milhões de seguidores em seu canal no YouTube. Os fãs adoram. E as marcas, claro, também embarcam na história.

“Eu sou reconhecido como o Ratão, o cara que se diverte jogando videogame. Mostro para o meu público que é divertido demais jogar, que dá para fazer zoeira, dá para brincar. Mesmo perdendo, você se diverte com seus amigos.”

Por trás do rato cinzento e dentuço de óculos escuros existe um produtor de conteúdo irreverente, que entretém quase todos os dias um público jovem, apaixonado por jogos eletrônicos e assuntos geek. Seus vídeos contém transmissões de gameplays cheias de zoeira, mas também muita informação e dicas sobre o universo da tecnologia.

A relação com os fãs reproduz o clima de zoação. “Eu converso e me divirto com eles. Me aborreço com uns, amo outros. Eles criam os memes. Mas é tudo na brincadeira, é um personagem. Quando estou jogando, o Ratão não pode se dar bem nunca, tem que sempre se ferrar. E é isso que traz a comédia.”

Essa graça atrai marcas que buscam linguagens autênticas para conversar com seus públicos. Há cinco anos, o Rato Borrachudo é embaixador da Ubisoft, desenvolvedora do game Rainbow Six. Ele também é parceiro da Asus, fabricante de computadores. Já fez ações numa piscina de bolinhas para Microsoft, na BGS (Brasil Game Show). E até integrou um time amador de eSports — o Capivara Pistols — que foi à China para perder de profissionais na divulgação de um novo game.

A equipe foi criada em 2018 exclusivamente para a ativação do jogo CrossFire Legends, lançado meses antes pela desenvolvedora Smilegate. Com um time de streamers e influenciadores brasileiros, o Capivara Pistols desembarcou em solo chinês para se infiltrar numa competição profissional. No Brasil, os fãs do Rato Borrachudo e dos colegas de equipe Gelli Clash, Overman, Play Hard e Nicolle “Cherry Gumms” Merhy acompanharam toda a saga em vídeos diários.

Mas, segundo Douglas, a ação não só divertiu a audiência brasileira como também quebrou o gelo dos chineses. “Todos os times estavam competindo de forma séria, mas éramos tipo café-com-leite. Na primeira partida, a gente tomou de 10 x 0 e saiu dando muita risada. E eles viram que dá para jogar se divertindo. Na partida seguinte, os fãs dos outros times estavam todos torcendo para a gente.”

Em 2019, mais sobre tecnologia

A história do Rato Borrachudo é o clássico caso do hobby que vira profissão. Formado e especializado em ciências da computação, antes do sucesso como youtuber, ele seguia carreira executiva em business intelligence numa instituição governamental. Apaixonado por game, um dia, ele resolveu filmar uma partida e postar na internet. Viralizou e virou hábito.

A máscara de rato foi a forma que ele encontrou para evitar que a brincadeira prejudicasse seu trabalho. “Pensei no preconceito que poderia sofrer se descobrissem, fui numa loja e comprei uma máscara. Ali nasceu um personagem. Não é o Douglas que é famoso e, sim, o Rato Borrachudo.”

Para 2019, a ideia de Douglas é dividir um pouco mais do seu conhecimento com os fãs, criando mais vídeos sobre tecnologia, de forma lúdica, sem perder o clima de zoação.

Influenciadora Caju mostra que conteúdo sobre games vai além das transmissões 
Marcas nos eSports: conheça narrativas de jogos antes de planejar ação
Games são rede social. Este é o recado de Cannes ao dar GP a Wendy’s
Torneios estudantis de eSports engajam comunidades e atraem marcas
O que a Marvel ensina às marcas ao investir nos heróis dos eSports
Teamfight Tactics: nova onda gamer já é fenômeno de público
×

Ei, psiu! Não vá embora ainda. Confira esta novidade do UOL AD_LAB:

E-book sobre como o uso de dados potencializa os resultados de campanhas publicitárias e ações de marketing

Faça download aqui