_Branding

Universa nasce como plataforma de referência para a mulher contemporânea

Após quase um ano de trabalho cuidadoso de pesquisa, testes de conteúdo e estudo de público, nasceu no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a plataforma Universa. O projeto editorial do UOL, que tem a missão de ser referência de jornalismo e de conteúdo para as mulheres brasileiras, substitui o UOL Estilo.

Ao entender que a mulher contemporânea não se enxerga nos conteúdos de massa ditos femininos, que tradicionalmente se restringem a temas como moda, beleza, maternidade e casamento, o Universa traz uma proposta inovadora, que questiona antigos padrões. Assim, a plataforma considera que “todo assunto é assunto de mulher”.

“A mudança no debate sobre questões de gênero colocou um enorme desafio para toda a sociedade. Universa é a nossa resposta para esse desafio. Estou orgulhoso de ver o nascimento de uma plataforma para dialogar com essa mulher contemporânea”, diz o diretor de conteúdo do UOL, Rodrigo Flores.

O principal cuidado na construção do projeto editorial foi o de conciliar uma proposta que ao mesmo tempo rompesse com os clichês de gênero e também fosse capaz de conversar com todas as mulheres: o UOL tem uma audiência que alcança 44 milhões de mulheres por mês, entre 18 e 54 anos.


Daí a necessidade de um trabalho longo de estudos e testes de conteúdo. A pesquisa de público, realizada em parceria com a agência Epigram Brand Union, trabalhou com profundidade o perfil da audiência UOL e buscou entender quem são essas mulheres e o que esperam de uma plataforma de conteúdo feminino. As respostas mostraram que elas não gostam de conteúdos superficiais, não se enxergam e nem se identificam com veículos ditos femininos, que o universo da mulher é muito mais amplo. Além disso, há um desejo de ruptura em diversas frentes: trabalho, família, rotina.

A partir desses insights, o projeto editorial chegou a três perfis de leitoras: a jovem líder (18 a 24 anos), a adulta de olho no mundo (25 a 39) e a maturidade na juventude (40 a 54 anos). E foram estabelecidos três territórios de interesse e de momentos nos seus cotidianos. Eles formam os pilares do Universa: Transforma, Inspira e Pausa.

Em “Transforma”, o Universa acompanha a agenda da mudança, abordando direitos das mulheres, violência contra a mulher, autoestima, política, diversidade, igualdade racial. “Inspira” traz temas do cotidiano como carreiras, finanças, decoração, moda, beleza, relacionamentos, sexo, viagem, além de depoimentos, dicas e ideias para uma vida mais plena e criativa. Já “Pausa” é uma área destinada ao tempo livre. São conteúdos para preencher momentos de descompressão, mais leves, para rir e relaxar.

A editora-chefe do site, Bia Sant’Anna, destaca que “a mulher está ocupando cada vez mais espaços e é preciso que o discurso acompanhe esse avanço. Em Universa, vamos retratar esse papel de protagonista, mostrar o que ainda tem de mudar e contar histórias de personagens inspiradoras”.

O Universa, como outras plataformas recém-lançadas pelo UOL (UrbanTaste e VivaBem), não se limita ao alcance digital. A ideia é, ao longo do ano, realizar uma série de eventos que devem gerar assuntos e conectar o digital a experiências na vida real.

Oportunidades para marcas

O Universa já nasceu com o patrocínio da Vigor e há espaço para mais marcas. Além do formato de patrocínio, que envolve presença maciça no inventário, marcas podem propor conteúdos especiais, realizar projetos de branded content em parceria com o UOL Content_LAB, e estar presentes nos eventos realizados pelo Universa. A plataforma traz oportunidades de falar com a mulher contemporânea por inteiro, num diálogo que foge da superficialidade e se conecta com seus desejos e propósitos de vida.


Quem faz os conteúdos UOL para Marcas:

Apuração e redação: Renata Gama / Edição e redes sociais: Raphaella Francisco / Arte: Julianne Rodrigues
Gerente responsável: Marina Assis/ Gerente Geral: Karen Cunsolo