Rosane Fantinelli: Tramontina fala ao jovem e acelera estratégias no digital 

Divulgação/Tramontina Rosane Fantinelli: Tramontina fala ao jovem e acelera estratégias no digital 

Os jovens estão no alvo da Tramontina. Segundo Rosane Fantinelli, gerente de marketing corporativo da companhia, é a partir da relação com eles que a marca tem estruturado estratégias para comunicar sua contínua inovação em linhas de produtos, enquanto vive um processo acelerado de digitalização.

O desafio, diz Rosane, é manter-se atual sem perder a essência tradicional da marca que faz 110 anos em 2021. “É cuidar para que essa marca centenária não envelheça. O Brasil tem quase 50 milhões de jovens que trazem a herança da experiência com a Tramontina. Muitos estão saindo de casa para morar sozinhos, com a companheira ou companheiro, amigos. É com eles que queremos conversar diretamente”, afirma.

Ao montar suas próprias casas, “esses jovens vão precisar de panelas, talheres, micro-ondas, pia, cuba, cooktop, uma coifa, ferramentas para seu jardim, sua horta”, lista Rosane. “Nós temos uma infinidade de produtos e segmentos.” A fabricante brasileira, que é reconhecida por seus talheres e panelas, vem expandindo seu portfólio. Ao todo são mais de 18 mil itens.

Mas tornar as conversas mais joviais, ressalta Rosane, não quer dizer deixar de se comunicar com famílias, público já cativo da Tramontina. “Eles estão cozinhando muito mais e por prazer. O mundo se diversificou, mulheres e homens estão dividindo tarefas, e eu converso com donas e donos de casa, com o churrasqueiro e a churrasqueira.”

Esse contato direto com o público se faz ainda mais necessário, segundo Rosane, para que o marketing acompanhe o posicionamento progressivo da Tramontina no varejo, que há sete anos vem investindo em lojas físicas, e há dois, montou seu e-commerce. Este ano, aliás, as vendas online deram um salto e se tornaram estratégia prioritária.

“Na pandemia subimos muitos degraus no digital em pouco tempo, estamos percebendo a cada dia. Precisamos estar onde consumidor está, precisamos facilitar. Quando estreamos as vendas pelo e-commerce há dois anos, era um número limitado de produtos. Neste ano, não teve como não acelerar. Colocamos todo o portfólio.”

Com as medidas de distanciamento social, o comportamento de consumo se voltou para as necessidades do lar, tornando o segmento de utensílios domésticos ainda mais relevante no carrinho de compras. Rosane notou crescimento de vendas de itens como ferramentas, jardinagem, relacionados ao movimento “Faça você mesmo”, além, claro, dos itens de cozinha que se mantiveram campeões, com as pessoas cozinhando mais em casa. Tudo isso disponível no e-commerce.

O foco nas vendas online fez com que a comunicação digital também ganhasse mais relevância nas estratégias da Tramontina. “Foi aí que demos o pulo do gato, em termos de comunicação no digital.” Isso se reflete em conteúdos que, como os produtos da Tramontina, buscam ser úteis no dia a dia: são tutoriais de faça você mesmo, receitas, dicas, informações.

“Buscamos desenvolver conteúdo verdadeiro, educativo, inspirador, sem floreios, dando informações sobre funcionalidade dos produtos, como preservar, limpar, guardar armazenar. Sempre de forma leve, atraente, inspiracional. Porque em tempos de plataformas digitais, o consumidor constantemente tem muito conteúdo. Como que a gente vai se destacar? Com conteúdo verdadeiro, onde o consumidor se enxergue, que preste um serviço.”

Esse tom aparece nos canais próprios da Tramontina, mas também em projetos de branded content, realizados em parceria com veículos digitais. O guia digital “Renove sua casa em 10 passos”, elaborado pelo UOL Content_Lab é um exemplo. O hub de conteúdo traz ideias práticas para todos os cômodos. “Temos de nos inserir na vida das pessoas como marca querida, afetuosa, presente, que conversa com o consumidor.”

Minibio

Rosane Mesturini Fantinelli é formada em Relações Públicas, com pós em marketing e MBA em desenvolvimento de executivos. Atua há mais de 25 anos na Tramontina, tendo passado por várias áreas da empresa. Atualmente, é gerente de marketing corporativo.

Stella Pirani, da WT: ‘2020 desconstruiu tudo o que se acreditava e planejava’
Renata Bokel, da WMcCann: ‘Aprendemos dia após dia a replanejar tudo do zero’
David Reck, da Reamp + Jellyfish: Mídia programática traz insights para além do marketing
João Gabriel, da AlmapBBDO: “Em 2020, todas as estratégias foram confrontadas”
Elma Chips e PAC-MAN promovem encontro de gerações com retorno de Tazos
Gal Barradas, CEO da AIO: Dado parado é custo, dado em uso é receita
×

Ei, psiu! Não vá embora ainda. Confira esta novidade do UOL AD_LAB:

E-book sobre como o uso de dados potencializa os resultados de campanhas publicitárias e ações de marketing

Faça download aqui