Inaiara Florêncio, da Avellar: ‘voice first’ é sobre captar narrativas de múltiplas vozes 

Divulgação/Avellar Inaiara Florêncio, da Avellar: ‘voice first’ é sobre captar narrativas de múltiplas vozes 

Desde os tempos do Orkut, Inaiara Florêncio, sócia e diretora de plataformas na agência Avellar Media, percebia linhas narrativas nas múltiplas vozes das redes sociais. Com essa escuta, logo a jornalista de formação fincou o pé na publicidade. “Fiz uma comunidade que em menos de duas semanas tinha mais de 30 mil seguidores. Abriu um leque de oportunidades perceber naquela época que posso contar histórias para as pessoas baseadas no que elas estão falando.”

Após uma década mergulhada nas estratégias para mídias sociais, Inaiara chegou à Avellar plugada numa missão “voice first”, ou seja, dar às vozes das pessoas lugar estratégico na comunicação das marcas. “Há tempos que defendo a importância do que as pessoas estão falando para direcionar o modo como as marcas se comunicam.”

Sua entrada foi no início de abril, bem quando o mundo, por causa da pandemia, já se obrigava a acelerar sua digitalização, elevando ainda mais a posição estratégica do social como ponto de contato entre pessoas e marcas.

Uma curiosidade: ela passou a integrar o time de sócios da agência faltando poucos dias para a live histórica da cantora Marília Mendonça, que bateu recorde mundial de transmissões simultâneas no YouTube, com 3,2 milhões de visualizações.

“Foi na minha primeira semana. Cheguei chegando. Foi um exemplo prático de como você entende o comportamento do usuário para criar estratégias assertivas, no tempo certo, de um jeito que faz sentido para as pessoas”, diz. Na campanha Live Local, para a marca Stone, a Avellar assumiu a missão de engajar o maior número de pessoas no propósito de incentivar o consumo nos estabelecimentos de bairro.

Inaiara diz que assumiu o cargo a tempo de contribuir na ação. “Geralmente entro num projeto do começo ao fim. Esse é meu papel. Não pude participar do planejamento, mas cheguei no timing do war room, de entender o real time, como manter as conversas nesse momento.”

Segundo ela, seu match com a Avellar foi imediato, e seu papel é integrar o voice first à criação de conteúdo para as redes. Assim, o social listening e as estratégias em plataformas digitais se integram à cadeia de produção criativa, indo do insight ao resultado.

Mudando a indústria por dentro

Captar as narrativas das vozes diversas, para Inaiara, traz um elemento socialmente transformador para a publicidade. “Vim para publicidade trazendo o compromisso de contribuir com a sociedade”, diz a executiva que é especializada em marketing político. Não à toa, por sua atuação no mercado, ela foi apontada entre as 15 vozes que mais contribuem para mudanças na indústria pelo YouPix Builders 2019.

Atualmente, Inaiara também integra o Instituto MORE GRLS, que busca valorizar e ampliar o espaço de mulheres criativas no mercado publicitário. Ela mesma diz que já contratou três pessoas listadas em uma planilha criada pelo grupo, com referências de profissionais em constante atualização. “Tem muita gente sendo contratada por lá. Isso ajuda na transformação da indústria como um todo, que é cheia de machismo e racismo.”

A iniciativa ainda traz conteúdos relevantes para profissionais do mercado, como o podcast “Job pra Ontem”. “Não estou sozinha nessa causa. Temos nossa própria rede de apoio. E  eu cheguei muito para ajudar na parte de conteúdo. O intuito é debater o mercado, com temas casados com a realidade. Falamos de estereótipos, mães, diversidade, critérios de contratação, racismo. Assuntos que estão em voga, trazendo ideias que ajudem de fato.”

Minibio

Inaiara Florêncio é jornalista graduada pela Universidade São Judas Tadeu, com pós em redes sociais pela Uninove e especialização em marketing político pela PUC-SP. Iniciou sua carreira como analista de social media na Plano Digital. Foi gerente de conteúdo online e redes sociais na Fábrica, head de community manager na Sunset e head de branded content na Kitado. Chegou à agência Socia QI como diretora geral de inteligência em mídias sociais e migrou para a SunsetDDB, como diretora de social media. Integra a Avellar Media desde abril de 2020, como sócia e diretora de plataformas.

Bruno Honório, da Mutato: marcas são passíveis do ‘cancelamento’ e devem se preparar 
3 ações que conectam profissionais de publicidade a vagas na pandemia
Celso Athayde, da CUFA: Digital Favela cria conexão genuína onde discurso aspiracional não funciona
Paulo Aguiar, do next: marca fez ‘jornada de escuta’ em ação para público LGBT 
Ariel Grunkraut: Burger King incentiva isolamento quando bate agonia de ficar em casa
Regiane e Cristiano, da Tino: comunicação para saúde redesenha eventos no digital
×

Ei, psiu! Não vá embora ainda. Confira esta novidade do UOL AD_LAB:

E-book sobre como o uso de dados potencializa os resultados de campanhas publicitárias e ações de marketing

Faça download aqui